Read Time:2 Minute, 50 Second

Prazo para pedidos de acordo direto em precatórios começa hoje

0 0

R$ 30 MILHÕES

Prazo para pedidos de acordo direto
em precatórios começa hoje

Há R$ 30 milhões disponíveis para pagamento de credores que aceitarem fazer a negociação

7 JAN 20 – 15h:29GLAUCEA VACCARI

Prazo para pedidos de Acordo Direto em precatórios, alimentar e comum, começou nesta terça-feira (7) e segue até o dia 27 de março em Mato Grosso do Sul. Para as negociações, foram reservados o mínimo de R$ 30 milhões.

Credores sul-mato-grossenses podem apresentar o pedido de acordo em qualquer segmento da Justiça – Estadual, Trabalhista ou Federal – nas unidades da Procuradoria-Geral do Estado. 

Edital de abertura foi publicado no Diário Oficial do Estado em 20 de dezembro do ano ano passado. Para a efetivação do pagamento, será preservada a ordem cronológica do precatório fixada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), ou seja, do processo mais antigo para o mais recente. 

Descontos propostos pelo acordo direto são de 5% para os precatórios com valores equivalentes a até 1.030 Unidades Fiscais de Referência de Mato Grosso do Sul (Uferms); 10% para os que têm valores superiores a 1.030 Uferms até 1.545 Uferms; 15% para os precatórios de 1.545 Uferms até 2.060 Uferms; 20% para os precatórios com valor acima de 2.060 Uferms até 2.575 Uferms; 25% para os precatórios com valores superiores ao equivalente a 2.575 Uferms até 3.090 Uferms; 30% para os precatórios com valores superiores ao equivalente a 3.090 Uferms até 3.605 Uferms; 35% para os precatórios com valores superiores ao equivalente a 3.605 Uferms até 4.120 Uferms; e 40% para os precatórios com valores superiores ao equivalente a 4.120 Uferms.

Valor da Uferms vifente neste mês de janeiro de 2020 é de R$ 29,32.

Credores interessados devem preencher o modelo de pedido de Acordo Direto disponibilizado no site da PGE e, em seguida,  documento deve ser protocolizado fisicamente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, exceto feriados e pontos facultativos, nos seguintes locais:

– Campo Grande – Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, Bloco IV, térreo, Parque dos Poderes;
– Aquidauana – Rua: Estevão Alves Corrêa, nº 597, Agenfa;
– Corumbá – Rua: 15 de Novembro, nº 32;
– Coxim – Rua Coronel Ponce, nº 127, Centro;
– Dourados – Rua: Joaquim Teixeira Alves, nº 1616, Centro;
– Nova Andradina – Rua: Artur da Costa e Silva, nº 1391;
– Ponta Porã – Rua 7 de Setembro, nº 311;
– Três Lagoas – Avenida Capitão Olinto Mancine, nº 2.462, ERPE;
– Paranaíba – Rua Capitão Martinho, nº 619.

Após cadastramento dos requerimentos, os pedidos são analisados pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS).

Esse artigo foi útil para você?

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.



CORREIO DO ESTADO

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post Novo sistema de matrículas vai reduzir filas e trazer agilidade nos processos
Next post Toyota vai construir protótipo de cidade do futuro no Japão – 07/01/2020