Read Time:1 Minute, 33 Second

pandemia faz cientistas ‘estocarem’ animais

0 0

A pandemia do novo coronavírus fez as pessoas esvaziarem as prateleiras dos supermercados pelos mais diversos produtos, de papel higiênico até macarrão. Os cientistas, no entanto, estão preocupados com outro item: animais de laboratório geneticamente manipulados para pesquisas sobre o covid-19.

A informação é do The New York Times. De acordo com o jornal, laboratórios de todo o mundo estão acelerando a reprodução de seus espécimes – na maioria, camundongos, mas também furões, hamsters ou macacos. A pressa se deve ao fato de que nem todos os animais são suscetíveis ao vírus, e os espécimes geneticamente manipulados já preenchem todos os critérios utilizados pelos pesquisadores para testar tratamentos e vacinas.

Para chegar a um animal adequado para pesquisa, os cientistas precisam selecionar características que não somente o tornem suscetível ao vírus, mas que também manifestem os mesmos tipos de sintomas que os humanos.

Os laboratórios não têm à mão espécimes vivos de cada tipo de animal. Eles congelam esperma ou embriões, e quando há necessidade usam essas amostras para construir novas colônias – e é exatamente isso o que está acontecendo agora.

O problema é que os camundongos, por exemplo, demoram dois meses para atingir a maturidade sexual, e têm um período de gestação de três semanas. Na corrida para conseguir uma cura, esse tempo é precioso. No Laboratório Jackson, um dos maiores criadouros de camundongos dos Estados Unidos, a expectativa é ter espécimes prontos para distribuição até maio.

“Existe uma demanda enorme no mundo todo, não só nos Estados Unidos”, afirma Cat Lutz, diretora do repositório de camundongos. “Nunca usamos um único modelo de camundongo. [Para diabetes], temos oito modelos diferentes, e escolhemos de acordo com a pergunta que queremos responder. Acho que o mesmo se aplica às circunstâncias atuais.”

cgnews
https://conteudo.imguol.com.br/c/noticias/88/2016/11/25/rato-roedor-pesquisa-laboratorio-cobaia-1480078704096_615x300.jpg

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post Ladrões furtam lanchonete, restaurantes e loja em Campo Grande
Next post Dá para se prevenir do coronavírus por meio da alimentação?