Read Time:3 Minute, 21 Second

Município estuda agilizar emissão de notas para campanha de prêmios

0 0

SERVIÇOS

Município estuda agilizar emissão de notas para campanha de prêmios

Empresários reclamam que sistema atual é demorado e trava com frequência

21 JAN 20 – 13h:14RICARDO CAMPOS JR.

A Secretaria de Finanças e Planejamento (Sefin) estuda uma reformulação no sistema de emissão das notas fiscais de serviços. O objetivo é tornar mais ágil o procedimento, já que a partir de fevereiro começa a valer a campanha que dará prêmios aos clientes que exigirem o documento. Empresários reclamam que às vezes demoram mais de uma hora para conseguir gerar o comprovante.

Rodolfo Dionízio trabalha no setor administrativo de uma oficina mecânica na Vila Santa Luzia. Ele explica que o sistema usado pelo município é online e não são raras as vezes em que “o site não abre ou cai”. Além disso, é preciso preencher vários campos com nome completo, endereço com CEP e CPF dos consumidores que não vêm todos juntos em uma mesma aba, é preciso ir avançando etapa após etapa.

“O cliente não tem paciência para esperar. Nós mandamos por e-mail. Têm vezes que trava, é bem difícil. Então pegamos os dados e depois vamos lançando, cadastrando”, relatou ao Correio do Estado.

Dionízio reserva algumas horas no fim do expediente para lançar todos os serviços feitos e nem sempre consegue. “Já fiquei uma hora tentando e deixei para o outro dia. Às vezes você está terminando e o sistema fecha sozinho. Essa mudança será muito bem vinda para o comerciante”.

O município taxa apenas os serviços. As operações envolvendo mercadorias são de responsabilidade do Estado, que implantou a promoção da nota premiada desde janeiro. A oficina em que Dionízio trabalha também vende as peças para os clientes e relata a disparidade entre os dois softwares.

“Não leva nem três minutos para emitir a nota dos produtos. Joga no computador, coloca o CPF do cliente e sai na hora”, conta.

Fabrício Rojas da Silva trabalha com instalação de calhas e relata o mesmo problema. “Prefiro mandar por e-mail. No sistema é preciso colocar todos os dados da empresa. Então demora, trava e tem que esperar abrir novamente”, conta.

Segundo ele, tem dias que leva pelo menos 30 minutos para gerar o documento fiscal. Em outras ocasiões, já levou duas horas para cumprir o procedimento. “Daí acumula o lançamento de várias notas”, relata.

O titular da Sefin, Pedrossian Neto, afirma que a intenção da pasta é implementar a mudança já em fevereiro. O Nota Premiada Municipal começa a valer no dia 20 daquele mês.

A exemplo do que faz o Governo Estadual, cada serviço prestado terá direito a uma série de dezenas. Quem acertar uma determinada quantidade de números tendo como referência a Mega-Sena vai receber um prêmio. A diferença, segundo Pedrossian Neto, é que os cidadãos interessados em participar deverão fazer um cadastro em um site que ainda será divulgado.

Os sistemas de informática necessários para o funcionamento da campanha já estão prontos, conforme o secretário. Os valores dos prêmios também não foram divulgados.

Esse artigo foi útil para você?

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.



CORREIO DO ESTADO

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post Cursinho UFMS oferece 210 vagas em Campo Grande
Next post Homem troca mensagens de 'nudes' pela internet, é chantageado em R$ 10 mil e den…