Read Time:2 Minute, 29 Second

Fuga em massa gera crise na alta cúpula do governo paraguaio

0 0

FRONTEIRA

Fuga em massa gera crise na alta cúpula do governo paraguaio

Investigação brasileira aponta ligação de vice-ministro da Justiça e promotor do país vizinho com narcotraficantes

20 JAN 20 – 14h:14EDUARDO MIRANDA

A fuga em massa do Presídio de Pedro Juan Caballero, que veio a tona no último sábado, resultou na demissão de duas autoridades do alto comando do Ministério Público e da Segurança Pública do Paraguai, além da prisão de mais de 30 suspeitos – todos ligados à administração penitenciária – de ter facilitado a fuga dos criminosos ligados à organização brasileira Primeiro Comando da Capital (PCC). 

O Ministério da Justiça do Brasil comunicou na noite de domingo que o vice-ministro de Política Criminal do Paraguai, Hugo Volpe, estaria envolvido em uma investigação que apontava corrupção policial. Na manhã desta segunda, Volpe colocou seu cargo à disposição, e o presidente paraguaio, Mario Abdo Benitez, aceitou o pedido. 

O fiscal (cargo que no Brasil equivale a um promotor de Justiça) Armando Cantero foi demitido pela procuradora-geral do Paraguai, Sandra Quiñonez. Ambos estão vinculados à mesma investigação brasileira, que apura corrupção policial e ligação com organizações de narcotraficantes que atuam na fronteira, informou o jornal paraguaio Ultima Hora. 

PRISÃO DE SUSPEITOS

Na manhã desta segunda-feira (20 ), o diretor do presídio de Pedro Juan, Christian Gonzáles, e mais 30 agentes penitenciários foram presos pela polícia paraguaia. A suspeita é que a fuga em massa, da qual escaparam 76 detentos (conforme a última atualização) foi facilitada. Há indícios, inclusive, de que o túnel descoberto no domingo (19) sequer fora utilizado, e que os presidiários começaram a escapar – aos poucos – pela porta da frente, já na semana passada. 

Do lado brasileiro, as forças de segurança, estaduais e federais reforçam a atuação. Mais de 200 policiais atuam na região, e a maioria dos carros que transitam nas rodovias que levam a Ponta Porã estão sendo abordados. 

Nesta segunda-feira, dois presidiários foram recapturados por equipes policias. O primeiro deles foi identificado como Eduardo Alves da Cruz e capturado por policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) durante a manhã. O segundo foi o paraguaio Sabio Dario González Figueredo e foi encontrado em Amambay, no Paraguai. 

Esse artigo foi útil para você?

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.



CORREIO DO ESTADO

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post Guarda Civil Metropolitana apreende 12 veículos durante fiscalização na Orla Morena
Next post Motorista de aplicativo que matou ex-namorada em MS e depois tentou suicídio segue interna…