Read Time:1 Minute, 35 Second

Família acha cadela que sumiu após furto na casa de advogados: ‘Acho que andou uns 3 km at…

0 0

https://s2.glbimg.com/zDnL6pAVN4zQXk2wT57I1Q_pEbM=/1200x/smart/filters:cover():strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2020/i/H/JK3UTTR9AKgBNRExYM2A/whatsapp-image-2020-01-16-at-11.07.43.jpeg

Após 12 horas do furto na casa de um casal de advogados, no qual os ladrões fugiram com uma caminhonete cheia de pertences da família, além da suspeita de terem levado a cadela Belinha, houve a descoberta do paradeiro do animal.

Segundo a comerciante de 58 anos, que prefere não se identificar e é mãe de uma das vítimas, o cadela estava no Bairro Parque dos Laranjais. “Acho que ela andou uns 3 km atrás dos ladrões. Uma pessoa viu a foto dela na reportagem e entrou em contato. Nós fomos até lá por volta das 22 horas e a encontramos na rodovia”, disse.

Conforme a comerciante, a cela está com os pés machucados e fica muito assustada ao ouvir qualquer barulho. “Já estou cuidando dela, dando a alimentação certinho. Ela parece estar aterrorizada. Só agora posso dizer que passou o susto e conseguimos dormir em paz”, explicou.

Caminhonete furtada é recuperada em lava-jato de Campo Grande (MS). — Foto: Batalhão do Choque/Divulgação

Caminhonete furtada é recuperada em lava-jato de Campo Grande (MS). — Foto: Batalhão do Choque/Divulgação

Já a caminhonete da família estava no bairro Jardim Samambaia. Nessa quinta-feira (16), 1h30 após o furto no imóvel no bairro Coophatrabalho, região oeste da cidade, os ladrões foram até um lava-jato e solicitaram a lavagem do veículo, dizendo que retornariam para buscá-lo.

Após muitas horas, o funcionário suspeitou e o deixou na frente do estabelecimento comercial, sendo apreendido por equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BpChoque) e encaminhado para Delegacia Especializada em Repressão ao Roubo e Furto de Veículos (Defurv).

“O veículo está no pátio da delegacia e estamos fazendo buscas para identificar e prender os envolvidos”, explicou ao G1 a delegada Aline Sinott, titular da unidade policial.

G1

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post Bombeiros reduzem número de vistorias anuais em empresas
Next post Inmet alerta para chuvas intensas em Campo Grande e 56 municípios de MS