Read Time:2 Minute, 49 Second

Em unidade com uma suspeita de sarampo, vacinas ainda são preocupação das pessoas

0 0

CRS TIRADENTES

Em unidade com uma suspeita de sarampo, vacinas ainda são preocupação das pessoas

Homem deu entrada no sábado com sintomas de sarampo

30 DEZ 19 – 10h:25FÁBIO ORUÊ E ALÍRIA ARISTIDES

No Centro Regional de Saúde (CRS) do Bairro Tiradentes, em Campo Grande, onde um homem de 46 anos está internado com suspeita de estar com sarampo, a população ainda se preocupa e procura pela imunização, seja pela tríplice viral ( sarampo, rubéola caxumba) ou outras vacinas. 

Dona de casa Cláudia Constâncio, estava na unidade com a pequena Ana Clara, de 1 anos e 4 meses, que foi se manter imunizada. “Muito importante [a vacinação]. Essa doença [sarampo] é séria e não dá para ficar brincando; ainda mais com criança. Sempre vacino ela, mantenho em dia, porque criança e idoso é o mais delicado”, disse ela ao Correio do Estado.

Já o Alexandre Santos, de 26 anos, procurou o CRS para atualizar a carteira de vacinação. “Arranjei um emprego que precisa, aí tem algumas que ainda faltam. Nunca tive nenhuma dessas doenças, mas é importante cuidar e se vacinar, nunca se sabe quando a gente vai acabar pegando”, comentou ele. 

SUSPEITA DE SARAMPO 

Homem de 46 anos deu entrada no último sábado (28) no CRS do Bairro Tiradentes, com suspeita de sarampo, por estar apresentando sintomas como exantemas pelo corpo, coceira e febre, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). 

O paciente, que está internado isoladamente dos demais, começou sentir os sintomas a cerca de nove dias e por três vezes procurou unidades de saúde da rede privada, mas o caso dele foi tratado como alergia, conforme informou a família aos médicos. No CRS ele foi medicado, onde segue estável em observação.

Como procedimento, foi feita a coleta de sangue do paciente para a realização do exame de sorologia, que deve ficar pronto em até 14 dias, afirmou a Sesau em nota.

Mato Grosso do Sul foi o Estado com maior cobertura de vacinação contra o sarampo no País, com índice de 115,92%, segundo balanço divulgado no último dia 13 de dezembro pelo Ministério da Saúde. No total, 99,4% das crianças de até um ano de idade estão vacinadas no país com a tríplice viral – sarampo, rubéola caxumba.

Mato Grosso do Sul tem dois casos confirmados de sarampo, sendo um homem 52 anos, morador de Três Lagoas, que viajou para Jundiaí, onde apresentou os primeiros sintomas, e um bebê de 10 meses, que foi diagnosticada após testes realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Ela viajou para o estado de São Paulo, em agosto, e quando na volta para Campo Grande começou a apresentar os sintomas.

 

Esse artigo foi útil para você?

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.



CORREIO DO ESTADO

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post GCM atendeu 365 casos de violência doméstica e acompanhou 5,2 mil medidas protetivas
Next post Homens invadem residência de Campo Grande atirando e acertam morador | Mato Grosso do Sul