Read Time:14 Minute, 48 Second

Cuba enfrenta caos em hospitais e até falta de seringa no pior momento da pandemia

0 0

  • Lioman Lima – @liomanlima
  • BBC News Mundo

Lydda María Rivero, 23

Crédito, Lenier Miguel Pérez.

Legenda da foto,

Lydda María Rivero, de 23 anos, prestes a dar à luz seu segundo filho; ela e a criança acabaram falecendo

“Ninguém imagina a dor que estou passando agora. Ninguém imagina o sofrimento que nós vivemos em casa.”

Lenier Miguel Pérez, um cubano que vive em Matanzas, no oeste da ilha, diz que não sabe como continuará vivendo e afirma que está “com raiva por tanta dor”.

Ele narrou sua tragédia pessoal à BBC News Mundo, o serviço em espanhol da BBC. Em um intervalo de duas semanas, Pérez percorreu hospitais de sua província em busca de atendimento médico para o filho e perdeu a esposa Lydda, de 23 anos, que estava grávida e prestes a dar a luz a seu segundo filho, que também não resistiu.

“Que dor tão grande perdê-los na mesma hora e no mesmo dia”, disse.

cgnews
https://ichef.bbci.co.uk/news/1024/branded_portuguese/16D77/production/_119595539_hospitales1.jpg

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post Operação Vênus contra violência doméstica em Campo Grande
Next post Polícia cumpre mandados judiciais relacionados à violência contra mulher