Read Time:2 Minute, 20 Second

Capataz morto atropelado em rodovia tinha ido encontrar desconhecido, segundo testemunha

0 0

Foi identificado como Gilberto Ramos de Souza, de 33 anos, o capataz de fazenda que morreu atropelado na noite desta sexta-feira (3), na BR-262, em Campo Grande, nas proximidades da Unei (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco. O motorista que atropelou Gilberto ainda não foi encontrado.

Familiares da vítima o reconheceram pelas roupas e na delegacia contaram, que Gilberto trabalhava como capataz em uma fazenda nas proximidades, sendo que saiu da propriedade rural por volta das 19 horas desta sexta (3) conduzindo uma camionete S-10, de cor prata, que foi encontrada estacionada em uma residência que fica próxima à rodovia.

O morador da residência contou que Gilberto teria chegado a sua casa deixando a camionete, e afirmando que iria até a rodovia para encontrar uma pessoa, que não disse quem seria. Momentos depois, ele teria ouvido um barulho forte e ao sair flagrou o acidente. Informações são de que o motorista do caminhão teria parado próximo descido para ver se havia algum estrago no veículo e ido embora.

Acredita-se que o motorista talvez não tenha percebido o atropelamento. A família contou que saiu a procura de Gilberto por volta das 23 horas desta sexta (3) depois de estranhar seu sumiço encontrando a camionete na residência. Ainda segundo os familiares é desconhecido com quem Gilberto iria se encontrar. A esposa da vítima está grávida e tem mais três filhos com Gilberto.



midiamax

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post Namoro, encontro casual, amizade: conheça ótimos apps de relacionamento – 05/01/2020
Next post UEMS abre vagas para 54 cursos de graduação no Sisu