Read Time:3 Minute, 14 Second

Bolsonaro não disse em vídeo que teria se alistado no exército nazista durante a Segunda Guerra Mundial

0 0

Um vídeo em que o então deputado federal Jair Bolsonaro supostamente afirma que teria se alistado no exército de Hitler caso fosse alemão no período da Segunda Guerra Mundial foi compartilhado centenas de vezes em redes sociais em janeiro deste ano. A fala de Bolsonaro foi, no entanto, tirada de contexto. O vídeo viralizado foi, ainda, editado para remover o trecho no qual o então deputado diz que “a pergunta não cabe” e que “ninguém quer ir para a guerra”.

“Bolsonaro afirmou com todas as letras que mesmo sabendo das atrocidades praticadas pelo nazismo, se alistaria no exército de Hitler”, diz a legenda que acompanha o vídeo em uma publicação compartilhada no Facebook desde 19 de janeiro deste ano.

Captura de tela feita em 21 de janeiro de 2020 mostra vídeo publicado no Facebook

A gravação – que mostra os bastidores de um episódio de 2012 do programa de TV CQC, no qual o então deputado responde a perguntas utilizando um detector de mentiras – aparece em postagens semelhantes (1, 2, 3) na rede social, somando mais de 2 mil compartilhamentos. 

Entre os questionamentos, uma pessoa que está fora do enquadramento da câmera pergunta se Bolsonaro teria se alistado no exército de Hitler durante a Segunda Guerra Mundial, ao que ele parece responder “sem problema nenhum”

No entanto, em um vídeo mais longo da mesma entrevista publicado no YouTube, no qual o áudio da gravação está mais claro que o das publicações virais, é possível perceber que a fala de Bolsonaro foi uma resposta a outra pergunta.

Logo após a pessoa que não é filmada questionar se Bolsonaro teria se alistado no exército nazista, o entrevistador Rafael Cortez, que aparece no vídeo, confirma em voz baixa se pode refazer a pergunta para a câmera, ao que Bolsonaro responde: “Pode, sem problema nenhum. Eu tenho uma resposta muito boa para te dar inclusive”.

A confirmação de Rafael Cortez pode ser ouvida no vídeo viralizado mas, devido à menor qualidade da gravação, é possível que a fala passe despercebida pelo espectador.

Rafael Cortez faz a pergunta sobre o alistamento novamente e só então Bolsonaro responde afirmando que seu bisavô foi “soldado de Hitler”. O vídeo compartilhado nas redes sociais para nesse momento e corta para um outro trecho da entrevista, em que o então deputado fala sobre o sistema de cotas.

Na versão mais longa publicada no YouTube, Bolsonaro continua dizendo: “A pergunta não cabe porque você não tinha o direito de se alistar ou não, você era alistado automaticamente”.

Quando o entrevistador pergunta o que ele faria se o alistamento fosse facultativo, Bolsonaro responde: “Na verdade, ninguém quer ir para a guerra, nem nós militares queremos ir pra guerra. Por isso que nós queremos melhores meios para você trabalhar para evitar uma guerra. O militar bom, o Exército bom não faz guerra, evita guerra”.

Apesar de não ter dito que teria se alistado em seu exército, Bolsonaro elogia Hitler durante a entrevista. “Profissionalmente ele foi um grande estrategista […] O genocídio é outra história, tá ok. Eu não concordo, logicamente, com o que ele fez lá”, disse.

Este vídeo já circulou com alegações semelhantes em outubro de 2018, mas viralizou novamente depois que o secretário de Cultura do governo, Roberto Alvim, foi exonerado por parafrasear um discurso nazista no último dia 17 de janeiro.

Em resumo, não é verdade que o atual presidente Jair Bolsonaro afirmou em entrevista de 2012 que teria se alistado no exército de Hitler, caso fosse alemão, durante a Segunda Guerra Mundial. A fala de Bolsonaro foi tirada de contexto e o vídeo cortado para remover o trecho em que o então deputado diz que “a pergunta não cabe” e que “ninguém quer ir para a guerra”.

cgnews
https://checamos.afp.com/sites/default/files/styles/twitter_card/public/medias/factchecking/brasil/capa3_12.png?itok=eJqTKE_3

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post ‘A gente nunca espera algo tão grande’, diz aluna que raspou cabelo da professora após res…
Next post O objeto giratório mais rápido do mundo, que pode revelar segredos da física quântica – 23/01/2020