Read Time:1 Minute, 51 Second

apostas dos restaurantes na Europa

0 0

(Bloomberg) — Salários em alta e maior demanda global por refeições mais saudáveis levam uma pioneira do fast-food na Polônia a testar a ideia de preparar alimentos apenas para entrega em domicílio.

A AmRest Holdings, que lançou o modelo de fast-food dos EUA na Polônia após a queda do comunismo e depois se expandiu para a Europa ocidental, procura diversificar seu portfólio de restaurantes das marcas KFC, PizzaHut e Burger King, segundo o diretor de estratégia da empresa, Peter Kaineder.

“Como todos outros operadores, vemos custos crescentes de mão de obra com lojas clássicas em shoppings e nas principais ruas da Polônia”, disse em entrevista em Varsóvia. “Mas também vemos um aumento significativo das vendas com entregas e o sucesso dos canais digitais.”

Os chamados restaurantes virtuais são operados sem as vitrines tradicionais acessíveis a clientes famintos. Foram projetados para preparar alimentos para aplicativos de refeições sob demanda, como o Uber Eats, que estão transformando o setor quando mais pessoas preferem pedir comida ao invés de cozinhar.

A nova tendência pode ajudar operadores tradicionais a manter os custos sob controle, já que a Polônia, a maior economia oriental da União Europeia, vai quase dobrar o salário mínimo nos próximos três anos.

Pedidos

A AmRest está “muito satisfeita” com as vendas iniciais da Lepieje, sua primeira marca virtual testada em Wroclaw, sul da Polônia, oferecendo uma variedade de “dumplings” para entrega. A empresa pode abrir mais instalações desse tipo este ano. A AmRest está instalando quiosques de pedidos automatizados e analisando dados com o objetivo de alocar melhor os funcionários para atender aos horários de pico e cumprir sua promessa de aumentar as vendas em 20% a cada ano.

A empresa se concentrará em um modelo de franquia de baixo custo para novas lojas e assim evitar arcar com o gasto total do investimento. Depois de apostar em aquisições nos últimos anos, a AmRest prefere ficar de fora da consolidação das empresas de entrega europeias.

Nesse processo, a companhia vai contar com o aplicativo Glovo, de Barcelona, no qual detém uma participação minoritária e que compete com o Uber Eats.

cgnews
https://conteudo.imguol.com.br/c/noticias/3f/2019/12/09/rappi-ifood-entregador-delivery-1575896558035_v2_615x300.jpg

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post Não, este vídeo não mostra o acidente no qual morreu Kobe Bryant; foi gravado nos Emirados Árabes Unidos em 2018
Next post Dieta mediterrânea e paleolítica podem ajudar na perda de peso, diz estudo – 27/01/2020